ff




Blog do JV - blogdojv@espumoso.net
domingo, 10 de agosto de 2014
Incoerência política

Penso que cada um de nós deve ter as suas próprias convicções, ideologias e agir de acordo com elas, ou seja, manter a coerência. Nada impede que alguém mude de idéia ou que uma convicção de ontem não tenha mais razão amanhã, mas não suporto a incoerência, principalmente a incoerência política. Vejamos, quando FHC (PSDB) foi presidente, o PT era contra as privatizações, tanto é que a maior arma que o PT usou nas últimas eleições presidenciais foi exatamente as Privatizações Tucanas, como se elas fossem algo terrível para o país. Infelizmente o PSDB que poderia utilizar as campanhas eleitorais para debater as privatizações e seus benefícios, resolveu se calar, como se fosse um réu nesta questão e o povo foi implacável e acreditou no discurso do PT, tanto é que o Partido dos Trabalhadores venceu as 3 últimas eleições presidenciais, sem contar que, embora eles neguem, nos Governos Petistas também houveram privatizações.



Deixo bem claro que não estou de maneira alguma criticando as privatizações Petistas, aliás prefiro que privatizem alguns serviços, ao invés de lotear cargos politicamente, muitas vezes com pessoas que nada entendem, mas que ergueram uma bandeira nas eleições e que tem uma ficha de filiação partidária. Já vimos que este loteamento de cargos (que não é só o PT que faz, mas que sabe fazer muito bem) já trouxe tantos malefícios aos cofres públicos e a população brasileira, inclusive com tragédias que ocorreram devido a incapacidade daqueles que deveriam ter competência para os cargos que ocupam. O que eu critico é a incoerência de um partido que mudou de ideologia e esqueceu de dar os créditos a quem merece.

Outro exemplos da incoerência do partido que nos governa é a reeleição, que este partido era contra mas se utilizou dela para se manter no poder. Da mesma forma, o plano real que era tão combatido pelo PT quando era oposição, mas que agora que é governo, é o PT quem está colhendo os frutos deste plano. Se não fosse o plano real não teríamos hoje esta estabilidade economica, se não fosse pelas privatizações certamente muito menos pessoas teriam acesso a internet, celulares, tv digital, dentre outras comodidades.

Acredito que querer que um partido seja coerente com suas bandeiras não seria pedir demais, pelo menos em alguns países mais evoluídos, já no Brasil onde muitos eleitores, passadas as eleições nem lembram mais em quem votaram, a coerência se torna um pedido muito difícil de ser atendido.

Marcadores: , ,


Postado por J.V. as 00:51 e tem 0 comentarios
0 Comments:

Postar um comentário

Voltar ao blog



Posts mais recentes Posts mais antigos



 




 

Últimos Posts

Domingo de Grenal
Dossiês
Campanha eleitoral na TV começará em 19 de Agosto
Belezas naturais
O problemática do lixo
Reintegração de posse
O Estado e a reparação judicial
Tempo louco!
Telefones da Prefeitura Municipal de Espumoso
Em casa também?

Arquivos

Maio 2012 Junho 2012 Julho 2012 Agosto 2012 Setembro 2012 Outubro 2012 Novembro 2012 Dezembro 2012 Janeiro 2013 Fevereiro 2013 Março 2013 Abril 2013 Maio 2013 Junho 2013 Julho 2013 Agosto 2013 Setembro 2013 Outubro 2013 Novembro 2013 Dezembro 2013 Janeiro 2014 Fevereiro 2014 Março 2014 Abril 2014 Maio 2014 Junho 2014 Julho 2014 Agosto 2014 Setembro 2014 Outubro 2014 Novembro 2014 Dezembro 2014 Janeiro 2015 Fevereiro 2015 Março 2015 Abril 2015 Maio 2015 Junho 2015 Julho 2015 Agosto 2015 Setembro 2015 Outubro 2015 Novembro 2015 Dezembro 2015 Janeiro 2016 Fevereiro 2016 Março 2016 Abril 2016 Maio 2016 Junho 2016 Julho 2016 Agosto 2016 Setembro 2016 Outubro 2016 Novembro 2016 Dezembro 2016 Janeiro 2017 Fevereiro 2017 Março 2017 Abril 2017 Maio 2017

 

 


WM INTERNET