ff




Blog do JV - blogdojv@espumoso.net
sábado, 10 de agosto de 2013
Um jogo que eu gostaria de ter assistido

Você consegue imaginar Gremistas e Colorados unidos e torcendo para o mesmo time? Pode parecer piada ou brincadeira de mau gosto, mas não é. Isso aconteceu e esta é a história que eu passo a contar a partir de agora:
 
O ano era  1972, naquela época era comum a Seleção Brasileira enfrentar combinados Estaduais, já que a Seleção se preparava para a Copa Independência. Porém o técnico Zagallo não convocou o gaúcho Everaldo do Grêmio, que havia sido titular na Copa do México, conquistada pela Seleção Brasileira, dois anos antes.
 
No dia 17 de Julho de 1972, Gremistas e Colorados foram ao estádio Beira Rio, que tinha sido inaugurado em 1969 e que na época era o Estádio mais moderno do Sul do pais. No estádio pairava um clima de guerra, torcedores gaúchos fardados e carregando bandeiras do Rio Grande do Sul. De acordo com alguns jornalistas e ex-jogadores daquela época, não se via uma única camisa ou bandeira brasileira naquele dia no Estádio.
 
A Seleção Brasileira foi assim escalada pelo técnico Zagallo: Leão, Zé Maria, Vantuir, Brito e Marco Antônio; Clodoaldo, Piazza e Rivelino, Jairzinho, Leivinha e Paulo César Cajú.
 
A Seleção Gaúcha, que era um combinado da Dupla Grenal, escalada pelo técnico Aparício Viana, foi a campo com: Scheneider, Espinosa, Figueroa, Ancheta e Everaldo; Carbone, Tovar e Torino; Valdomiro, Claudiomiro e Oberti.  
 
O público daquela partida ninguém sabe dizer ao certo. Falou-se em 108 mil pessoas, 105, 106,  110, enfim ninguém sabe ao certo. Mas o que marcou é que aquele público foi o maior da História do Rio Grande do Sul.
 
A Seleção Gaúcha abriu o placar com gol de Tovar, o Brasil empatou com Jairzinho, que foi muito vaiado. No segundo tempo Carbone colocou a Seleção Gaúcha novamente na frente, mas Paulo César Cajú deixou tudo igual novamente. Mas a Seleção Gaúcha não desistiu e Claudiomiro colocou os gaúchos na frente pela terceira vez. Porém a fortíssima Seleção Brasileira correu atrás e empatou o jogo numa bela arrancada de Paulo César Cajú, que encontrou Rivellino livre para decretar o placar final do jogo. Seleção Gaúcha 3 X 3 Seleção Brasileira. Dizem que devido ao clima de guerra, este foi o último jogo que a Seleção Brasileira realizou contra uma Seleção Regional.
 
 
 
Everaldo, participou do Tricampeonato Mundial da Seleção Brasileira no México em 1970 e defendeu a Seleção Gaúcha naquele duelo contra a Seleção Brasileira, mas infelizmente Everaldo veio a  falecer em 1974 num acidente de carro e como forma de ser homenageado, virou aquela solitária estrela dourada que existe na bandeira do Grêmio.
 
Sem dúvidas este foi um jogo que eu gostaria de ter assistido e por isso resolvi compartilhar com vocês. Espero que tenham gostado.
 
 

Marcadores: , , ,


Postado por J.V. as 23:10 e tem 0 comentarios
0 Comments:

Postar um comentário

Voltar ao blog



Posts mais recentes Posts mais antigos



 




 

Últimos Posts

Atenção motoristas
Consulta Popular confirma: Espumoso terá Pronto So...
No escuro!
Algumas das melhores coisas da vida
Virtuosa no Vaticano, desprezada no Brasil
Grêmio 0 X 1 Coritiba
RS em terceiro
Voto "no escuro"
Animais abandonados
Ficha limpa!

Arquivos

Maio 2012 Junho 2012 Julho 2012 Agosto 2012 Setembro 2012 Outubro 2012 Novembro 2012 Dezembro 2012 Janeiro 2013 Fevereiro 2013 Março 2013 Abril 2013 Maio 2013 Junho 2013 Julho 2013 Agosto 2013 Setembro 2013 Outubro 2013 Novembro 2013 Dezembro 2013 Janeiro 2014 Fevereiro 2014 Março 2014 Abril 2014 Maio 2014 Junho 2014 Julho 2014 Agosto 2014 Setembro 2014 Outubro 2014 Novembro 2014 Dezembro 2014 Janeiro 2015 Fevereiro 2015 Março 2015 Abril 2015 Maio 2015 Junho 2015 Julho 2015 Agosto 2015 Setembro 2015 Outubro 2015 Novembro 2015 Dezembro 2015 Janeiro 2016 Fevereiro 2016 Março 2016 Abril 2016 Maio 2016 Junho 2016 Julho 2016 Agosto 2016 Setembro 2016 Outubro 2016 Novembro 2016 Dezembro 2016 Janeiro 2017 Fevereiro 2017 Março 2017 Abril 2017 Maio 2017

 

 


WM INTERNET